Página inicial / e-Sports / Overwatch / “Snow” será o 1º brasileiro no cenário internacional de Overwatch

“Snow” será o 1º brasileiro no cenário internacional de Overwatch

gabriel-snow-ceregatto---foto-1469823141467_700x393

O jogador Gabriel “Snow” Ceregatto, de 17 anos, é o primeiro brasileiro a ser contratado por uma organização ‘gringa’ para competir em Overwatch. O jovem que recentemente conquistou o ranking do título da Blizzard, é o mais novo membro do Method.  De acordo com o jogador, a organização é bem conhecida no cenário de jogos da Blizzard, considerada uma das melhores guildas do mundo no PVE de World of Warcraft.

Em primeiro momento “Snow” continuará no Brasil durante as ligas on-line e qualificatórias, o jogador só deve viajar com a equipe se o time se qualificar para competições presenciais. O convite para compor a line-up do Method surgiu após a saída de um dos jogadores. Com a vaga em aberto, Jacob “PsychoWaffle” Oyer, entrou em contato com “Snow”.

“Eu conheci o Psychowaffle durante o closed beta, jogava com ele as vezes. Quando o DoT saiu do time, Psycho lembrou de mim e me convidou para fazer tryout. Falou que tinha uma ‘org’ olhando e tudo mais, mas eu não sabia que era uma coisa média-grande igual a Method. Minha reação foi de surpresa, não esperava uma proposta dessas num estágio inicial do jogo” alegou ao explicar como surgiu o convite.

Apesar dos primeiros campeonatos acontecerem de forma online, ao entrar no Method o objetivo de “Snow” em relação ao jogo mudou. Não será mais em busca de diversão, e sim com foco profissional, seu tempo será dedicado inteiramente aos treinos em equipe.

Line-up

Jacob “PsychoWaffle” Oyer
Gabriel “Snow” Ceregatto
Nicholas “exi” Dudek
Eric “Krawnnic” Beaugh
Brandon “ultimawep” Wilson
Randal “Roolf” Stark

Com apenas 17 anos, Snow atingiu o ranking do título da Blizzard e superou milhões de usuários, entre eles os suecos Andreas “Nevix” Karlsson e Kevyn “TviQ” Lindström. Em relação a idade e a contratação, ele relata que a família deu bastante apoio.

“A minha família me deu bastante suporte, conversamos bastante sobre como conciliar estudos e a carga horária dos treinos, e chegamos à um acordo”, acrescentou.

Atualmente, “Snow” não lidera mais o ranking de Overwatch, o jogador caiu 3 ranks ocupando a posição 87 na tabela. Ao falar sobre o cenário competitivo brasileiro ele considera algo muito novo, no entanto, já se surpreende com pequenos campeonatos no país.

“O que precisa para alavancar o cenário é investimento tanto de tempo quanto de dinheiro, de players e patrocinadores respectivamente, e dá para ver que já está acontecendo, vai ter a final da ESL na BGS, com patrocínio da NVIDIA e tudo mais”, finalizou.

Deixe sua opinião

Sobre Verônica Magalhães

Verônica Magalhães
Jornalista formada na UMESP- Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou durante quatro anos com Rádio Jornalismo. Apaixonada e amante da comunicação contribuiu na produção de notícias para o portal do time Santos Dexterity.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *