sábado , janeiro 16 2016
Página inicial / e-Sports / CS:GO / Conheça os motivos que tornarão 2016 o ano do Counter-Strike: Global Offensive

Conheça os motivos que tornarão 2016 o ano do Counter-Strike: Global Offensive

O jogo que conecta milhares de pessoa pelo mundo, Counter-Strike: Global Offensive, cresceu de forma positiva em 2015. No ano passado o game foi o mais vendido, segundo o site Steam Spy. A procura pelo jogo não é novidade. Há anos o CS:GO vem entretendo e chamando a atenção de jogadores e empresas. O cenário competitivo de CS:GO também teve um grande salto com o investimento da Valve, que neste ano pretende dar um apoio maior aos majors (campeonatos de maior expressão). A desenvolvedora anunciou que realizará torneios menores com premiações de US$ 50 mil em quatro regiões.

Os campeonatos acontecerão na Ásia, na Europa, na Comunidades dos Estados Independentes (CEI) e nas Américas. De acordo com a Valve, o objetivo é dar oportunidade a jogadores que não participam dos eventos maiores de se destacarem no cenário internacional.

Outra notícia que marcou 2015 o ano do CS: GO, foi a volta do ESEA ao Brasil com campeonatos mensais de Counter-Strike Global Offensive e premiações em dinheiro. Os torneios poderão oferecer vagas diretas para a ESL ESEA Pro League, uma das mais importantes ligas de CS:GO da atualidade.

Não há duvidas que 2015 trouxe aspectos positivos para o CS:GO, de modo que equipes brasileiras criaram novas lines. É o caso da INTZ, CNB, e Santos Dexterity. A fama e o atrativo do mercado chamou atenção de jogadores do 1.6 que “penduraram o mouse”. A equipe da CNB, por exemplo, tem dois cyber-atletas que voltaram recentemente ao cenário competitivo. Os jogadores Olavo “chucky” Napoleão e Guilherme “spacca” Spacca.

Em 2015 o campeonato DreamHack Cluj-Napoca de Counter-Strike: Global Offensive em outubro e novembro, se tornou o segundo mais assistido de toda a história do jogo de tiro.
A competição foi cotada como a segunda mais assistida de toda a história do FPS, tendo um número final maior que 85 milhões de visualizações. Ao todo, foram mais de 25 milhões de pessoas acompanhando as partidas durante os 5 dias de campeonato.

Com a procura pelo jogo, o investimento da Valve, e novas equipes no cenário, não há duvidas que 2016 promete ser o ano do Counter-Strike: Global Offensive. O jogo deverá ser destaque em competições Nacionais e Internacionais.

Deixe sua opinião

Sobre Verônica Magalhães

Jornalista formada na UMESP- Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou durante quatro anos com Rádio Jornalismo. Apaixonada e amante da comunicação contribuiu na produção de notícias para o portal do time Santos Dexterity.

Veja também

maxresdefault

Pain Gaming anuncia novo suporte para temporada do Cblol 2016

Nesta quinta feira (14) o cenário brasileiro de League of Legends traz mais uma surpresa ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *