sexta-feira , abril 1 2016
Página inicial / e-Sports / CS:GO / 5 coisas que marcaram os fãs de Counter Strike

5 coisas que marcaram os fãs de Counter Strike

cs-1.6

Counter Strike é um dos jogos mais jogados do mundo, que sem dúvida tem a comunidade mais apaixonada de todas. O jogo existe a quase 20 anos e isso trouxe uma base de fãs gigante, com a maior faixa etária entre os concorrentes, já que versões do jogo continuam sendo jogadas até hoje.

Por isso, separamos para você relembrar, 5 coisas que fizeram com que o jogo seja tão amado e reconhecido até hoje.

 

 

1 – Lan House:

Nos anos 2000, poucas pessoas tinham acesso à internet ou a um computador próprio, então o jeito mais fácil de jogar com seus amigos era gastar alguns reais na Lan House. Com certeza você conheceu um ou uma boa parte dos seus amigos da época jogando ou conversando nas pausas entre os jogos. Lan House’s lotadas e com fila de espera era comum.

Corujões eram ainda mais comuns, pagar 10 reais e ganhar um refrigerante e um sanduíche, quem nunca? Todos juntos jogando até a madrugada, gritando em momentos de vitórias e xingando nas derrotas. Outro momento que causava alegria, era quando disputávamos o ranking de kills no servidor da lan house. Sem dúvida essa é uma parte que marcou muitos jogadores, entre eles os antigos e até os mais novos que ainda participam dos corujões, iguais aos que acontecem todo fim de semana na Max5.

img-8e48d445.jpg.resized

 

2 – OPERAAADO!:

Quais são as melhores sensações do mundo? Não sei para você, mas para muitos uma das melhores era matar alguém na “faquinha” e ver a lan inteira gritando: OPERAAAADO! Em seguida de muitas provocações, em campeonatos da própria lan house com times do bairro, era praticamente uma final de campeonato, com torcida e tudo. Algo que se perdeu nos títulos seguintes, morrer na “faquinha” era comparado ao futebol igual a um gol de bicicleta, que de tão humilhante, quem tomava muitas vezes parava de jogar.

 

homem-matou-apos-ser-esfaqueado-em-jogo3 – Mapas divertidos:

Quando você se cansava dos mapas Dust 2, Aztec e etc.. Logo, mudava de mapa para aqueles diferentes baixados pela net, feitos pela comunidade. Muitos deles marcam até hoje, com fãs pedindo ‘remake’. Cs_Rio, Vila do chaves, Simpsons, são mapas que sem dúvida garantiram muita diversão e risadas entre os players. Muitos mapas como Mansion e Pool day, eram bastante jogados por todos e também estão entre os preferidos dos jogadores. E você qual mapa gostava de jogar?

1309331204_30413045

4 – Tipos de jogadores:

Na lan depois de um tempo jogando, conseguíamos ver os tipos de jogadores que frequentavam o ambiente. Depois de algumas vezes jogando, com certeza você já topou com algum desses tipos de jogadores.

Camper: Aquele cara que sempre ficava parado na ponte da aztec, esperando você passar pela porta com a sua ‘mata pombo’. Ele dizia estar ‘estrategicamente bem posicionado’. Causava raiva não só em você, mas em todos os jogadores que frequentavam a lan. Sem dúvida era um dos mais odiados.

Cheaterzinho chato: O que entra no meio da partida para ‘jogar’, mas logo faz o cheat da galinha e sai correndo com a sua “faquinha”. Isso só tinha fim quando todos os outros paravam de jogar, depois de inúmeras vezes tentar ‘conversar com ele’. Tinha o prazer de estragar o jogo e essa era sua missão.

O noobzinho: Chegou hoje na lan house, não sabe nem comprar a arma, mas ele é o primo de alguém. O pior é que ele gosta de jogar no seu time e sempre morre na faca, qualquer estratégia que você tente explicar, ele entenderá ao contrário, vai rushar em cima dos inimigos e vai entregar aquela AWP para os adversários.

O M!TO: O mito jogava em qualquer time, com qualquer arma, com qualquer personagem. Geralmente os outros jogadores esperavam ele escolher o lado para ir junto, já que o mito era o melhor da lan house. As coisas mais comuns para o mito eram: ‘quickscopes’, desert eagle, headshots. Ele era o mais cogitado em todos os times e panelinhas lan houses a fora.Die-Hard Chicken {LD}1

 

5 – Campeonatos e competições:

Para quem conseguia acompanhar campeonatos mundo a fora, era comum que o Brasil sempre estivessem entre os primeiros. Naquela época, alguns fãs torciam mais do que, quando a seleção brasileira de futebol jogava. Com o Brasil sendo considerado a região com os melhores players do mundo, times como a MiBR e G3x, entre outros fizeram história em campeonatos internacionais. Mas nem todos conseguiam assistir, já que o acesso a internet e a computadores era limitado. Entretanto, a fase Lan House, os primeiros campeonatos de CS, e a fama de alguns jogadores, ainda é relembrada em fóruns e grupos do jogo. Segundo a Hltv, entre os mais conhecidos estava Raphael ‘Cogu’considerado ‘O melhor jogador das Américas da última década’, ‘O melhor AWP do mundo da última década’ e ‘O melhor jogador do Brasil na última década’. Essa fase teve grande importância para ao cenário atual, já que essa época marcou muitos jogadores profissionais e amadores de hoje.

1223239661.29

Esses são apenas alguns motivos que explicam, porque o CS é marcante para tantas pessoas.  E você ? O que marcou suas jogatinas no passado e hoje? Comente ai embaixo é importante para nós :)

 

 

 

Deixe sua opinião

Sobre Victor 'Cebratelli' Hugo

Victor 'Cebratelli' Hugo
23 anos, Paulista, Pai de cachorro, lolzinho. Jogo vídeo-games desde que me conheço por gente, e minha infância teve muito Mario e Sonic :) . Odeio a minha geração de mimimi: Tá tranquilo, tá favorável.

Veja também

innova-female-g3xcup2016-divulgacao

Após vitória em G3XCUP, jogadoras da Team Innova decidem reformular equipe

Nesta quinta-feira (31) a cyber atleta, Shayene “shAy” Victorio, divulgou uma nota no Facebook, anunciando ...

Um comentário

  1. Tenho 56 e desde o wolfstein 3d que gosto de jogo em primeira pessoa.
    Frequentei uma lan na Av. Santa Ines e era o único tiozinho.
    Joguei vários corujões e aos poucos conseguí o respeito da molecada pelo meu bom jogo e estratégia.
    Tinham ótimos jogadores com uma mira dos infernos que dariam trabalho para qualquer time.
    Era muito loco, quando eu chegava na lan, os carinhas gritavam sem parar o meu pseudonimo que era Piteko.
    Ficava muito feliz e orgulhoso pela homenagem e ia pra batalha sempre com a faca nos dentes…rs
    Hoje moro na cantareira, a net é um lixo e meu comput é fraquinho, mas ainda jogo de vez enquando contra os boots do cs, e uns call of dut que roda no meu pczinho.
    Qualquer dia vou aí na mooca para um corujão, para matar a saudade.
    :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *